Now Playing Tracks

Já me enganei sobre muitas pessoas e também já me enganei sobre mim mesma. Já disse “nunca mais” e fiz tudo novamente. Já pensei que fosse para sempre e nem percebi quando acabou. Já errei muito e ainda erro. Já machuquei quem não deveria. Já me decepcionei com os que mais amei e amo. Já escrevi e não mandei. Já disse “eu te amo”, quando deveria ter dito “te quero bem”. Já quis ter dito “eu te amo” e ao invés disse “até logo”. Faço idéia do que fazer daqui 10 anos, mas não sei que roupa comprar amanhã. Não me recordo do que comi ontem, mas me lembro de cada palavra carinhosa dita. Sinto saudade do que não tive, sinto falta até mesmo de quem está perto de mim, podendo amar sem ser notada. Posso morrer de ciúmes e mesmo assim conseguir sofrer. Posso esquecer quem me deixou triste, mais não esqueço jamais de quem me fez feliz!
Mallu Moraes. (via promessasvazias)

(Fonte: silenciadores)

Eu nunca te pedi pra mudar, não por mim. Se um dia tivesse que mudar, teria que ser por você, acima de qualquer coisa. Eu queria apenas um pouco mais de atenção, e quem sabe, um pouco mais de carinho. Eu sei é o teu jeito. Mas saiba que me irrita, quem se esconde atrás dessa fala. Dizem que quando se gosta de algo ou alguém, a gente cuida, protege, quer estar perto, fazer parte da vida. Mas esse não foi o nosso caso. Eu aqui, trocando prioridades, te dando atenção e carinho, a ponto de fazer com que meus amigos sentissem ciúmes de ti. E você ai, no seu mundo. Dizendo que esse é o teu jeito. Dizendo que cuida e gosta da sua maneira.
Nicholas Sparks.    (via tomalizar)

(Fonte: nando12)

Eu deixei de me amar, pra todo meu amor ser só seu. Eu voltei atrás. Eu chorei, eu pedi desculpas, eu aguentei besteiras. Aguentei tudo. Juntando do chão, migalhas do seu carinho, migalhas do seu amor. Do seu jeito explosivo e calmo. Um dia me amando como se a terra fosse acabar depois da meia noite. No outro dia um desconhecido me pedindo pra tratá-lo como qualquer um, por favor. Você é meu personagem favorito. O dono de todos os meus textos, de todas as minhas histórias.
Tati Bernardi.  (via inverbos)

(Fonte: s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

To Tumblr, Love Pixel Union